PUTINHA DE TRAVESTIS

Publicado: janeiro 12, 2013 em Contos eróticos, Gays

Bem… vamos direto ao que interessa!! Certo dia eu estava louco pra transar com uma linda travesti. Saí procurando uma, era mais ou menos 3:00h da manhã. Fui a um ponto onde se encontram muitas travestis. Ao passar por uma das ruas vi uma loira, que ao longe parecia-me muito gostosa. Então parei e perguntei quanto era o programa. Tão logo ela disse que era R$ 50,00 mais o motel, e já foi agarrando meu pau e dando aquele sorrisinho sacana. Eu estava decidido que era aquela que eu queria, já que era maravilhosa, tinha voz feminina, lindo corpo, gostosíssima… e ainda mais um pouco a frente tinha uma morena, que estava na esquina, com uma roupinha mínima, um top azul e uma micro saia vermelha… Então eu perguntei à loira se podíamos fazer o programa nós três no valor de R$ 50,00, sendo metade pra cada uma… Ela chamou a outra e aceitaram depois de alguma insistência da minha parte. Entraram no carro, uma camionete… a loira maravilhosa sentou ao meu lado e a morena sentou-se na janela… perguntei o nome delas… a loira era Barbie e a morena Ingrid. (Belíssimos nomes, né?!?). Só ao dizer os nomes delas eu já fiquei com tesão. Durante o caminho elas se revezavam tocando no meu pau, que já estava pra fora da calça. Fomos ao motel e entramos num quarto… Barbie foi ao banheiro se lavar enquanto eu e Ingrid nos beijávamos apaixonadamente e tirávamos as roupas… após estarmos nus ela sentou-se na cama, eu fiquei na frente dela, coloquei uma das pernas em cima da cama e ela começou a chupar… que boquete maravilhoso!!! Ela sugava como uma especialista, e com as mãos massageava minhas bolas… aos poucos ela foi escorregando a mãozinha até meu cuzinho e foi metendo um, depois dois dedinhos… eu deixava deliciosamente e delirava, gemia como nunca… Barbie qdo saiu viu a cena e tirou a roupa tb… “é a minha vez agora” dizia ela… Ingrid levantou-se, foi se lavar no banheiro e disse p/ Barbie: “mete seus dedinhos no cu dele que ele gosta!” E foi exatamente isso que ela fez… ela era mais delicada e tinha as mãos mais macias e os dedos mais finos. Ela sugava meu pau como uma princesa, mas ardentemente, e tb meteu dois dedinhos… eu disse então que queria dar o rabinho. Ela falou que tinha 16 cm e a amiga tinha 23… não importava, eu queria de fato dar o cu. Em cima da cama eu comecei a chupar a Barbie, chupava com gosto, ainda estava meio mole o pau dela… rosadinho, cheiroso, e delicioso! Eu estava tão concentrado naquela rola que nem vi Ingrid sair do banheiro. Só percebi qdo ela perguntou: “Ele chupa bem?? Chupa como uma putinha?” Naquela hora eu mesmo falei: “porque vc mesma não experimenta?” e comecei a trabalhar na Ingrid, um pau enorme!! Era uma pau moreno, grande, duríssimo… ela estava de pé na cama, e eu ajoelhado em frente a ela… ela segurava minha cabeça e forçava contra o seu pau… metia até a minha garganta, ela era forte, e não tinha como lutar… eu chegava a engasgar… ela ria, e falava: “É muito grande pra vc meu amor?”. As duas ficaram na minha frente, e eu revezava no boquete, ora numa ora noutra… eu estava felicíssimo… quem tem um privilégio destes?? De poder dar pra duas bonecas maravilhosas!! Aí eu pedi pra me comer… logo a Ingrid me botou de 4, dizendo que queria meu rabinho macio e a Barbie sentou na minha frente pra eu chupá-la… qdo a morena começou a meter e passou a cabecinha eu me lembrei do tamanho da rola… eu fui pra frente, e disse: “vc não!! Eu não agüento a sua pica, é enorme demais pra mim… eu quero vc Barbie!”. A Barbie não agüentou de felicidade… colocou camisinha… fiquei de 4… ela cuspiu na sua rola e no meu rabinho pra lubrificar… a Ingrid deitou na minha frente, e eu pra chupá-la arreganhava ainda mais minha bunda pra loira… O meu sentimento era da putinha mais feliz do mundo, com 2 rolas só pra mim. A Barbie foi metendo o cacete em mim, e eu sentia cada centímetro dela me invadindo, delicadamente… ela passou a estocar cada vez mais forte, e eu chupava a Ingrid cada vez mais rápido. Enquanto eu estava ocupadíssimo com um pau na boca e não podia falar, as duas conversavam e me deixavam mais excitado! “Que boquinha de puta ela tem… já deve ter chupado muito cacete por aí” “É pq vc ainda não sentiu o rabinho dela! É uma delícia….” E todos nós gemíamos muito!! Aí eu falei que queria ver a cara da Barbie enqto ela me comia… eu deitei de costas na cama, ela colocou um travesseiro na minha bunda pra ficar levantada e poder meter… a Ingrid debruçou-se na minha frente e deixava a pica na minha boca pra eu chupar… começamos outra vez… a Barbie metendo e a Ingrid sendo chupada… elas estavam me arregaçando!! Então a Ingrid falou: “minha putinha!! Eu vou gozar… quer tomar na boquinha?” Eu nem respondi… ela tirou o pau da minha boca pra gozar… eu abri minha boca e ela gozou na minha cara, caindo alguns jatos de porra na minha boca… Ela fechou com as mãos minha boquinha e mandou eu engolir tudinho… (como se precisasse!). Ela saiu e foi ao banheiro… a Barbie continuava estocando cada vez mais forte, mas demorou ainda pra gozar… mas depois q a Ingrid gozou na minha cara, ela me comia beijando minha boca… dizendo que tinha um gosto maravilhoso, gosto de putinha com porra! Assim, ela não demorou muito mais e falou que ia gozar tb…. deu mais duas bombadas em mim e gozou… aí eu perguntei igual a uma puta acostumada com vara, com uma carinha de safado e dando um leve sorriso: “vc gozou gostoso?? Gostou da minha bundinha??” Ela prontamente disse: “Adorei… aliás, amei… não precisa nem me pagar! Estou exausta”. A Ingrid ao ouvir isso, continuou: “Pois então vc me deve R$ 50,00… não te comi e nem dei minha bunda… quero o dinheiro!!”. Então eu respondi… “Se é assim…. quer me fuder??” Prontamente o pau dela endureceu, colocou uma camisinha… agora eu estava deitado de bruços… ela colocou o travesseiro na minha cintura pra poder erguer minha bunda… deitou-se sobre mim, e diferentemente da Barbie, ela era mais grossa, mais rude, e meteu em mim de uma só vez… só dei um sussurro, mas minha bundinha já estava toda aberta e nem doeu tanto. A Ingrid só deu algumas estocadas e gozou forte… gozou muito… gozou loucamente, e desabou sobre mim… nós três estávamos sem forças e acabamos dormindo cerca de uma hora. Saímos. Paguei o motel e fui pra casa extremamente feliz: fiquei com duas beldades, chupei o pau das duas, dei o rabinho para as duas, e isso nem sequer foi um programa!! É o máximo, né?!?! Tenho ainda muitas outras histórias que aconteceram comigo…

*Fonte: contos.galinhas.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s