Eu e meu cachorro Tobby

Publicado: fevereiro 17, 2013 em Contos eróticos, Zoofilia

Oi Venus, meu nome é Marlene, tenho 47 anos e estou gostando muito de acompanhar seu blog, na verdade eu descobri por acaso no site de busca,  parabéns e continue sempre postanto.

Bem, depois de ler o conteúdo postado na categoria zoofilia, decidi deixar meu relato também, não sei se vai ser do seu interesse, mas sinta-se a vontade se quiser publica-lo! Vamos a ele.

Sou uma dona de casa. Morena, 47 anos, estatura mediana, bumbum e seios médios, olhos claros, sou casada a 22 anos, e não tivemos filhos, meu marido trabalha como representante comercial em uma empresa de alimentos, por isso está sempre viajando. Na verdade sempre foi assim, porem dos últimos anos para cá, com o aumento da concorrência, ele chega a passar dias  fora de casa, e eu me sinto muito sozinha.

Há uns 2 anos atrás meu marido foi fazer uma viagem aqui na nossa região mesmo, porém já era bem tarde, quando ele ligou dizendo que um dos colegas da empresa tinha tido um problema e ele em caráter de urgência estava no aeroporto a caminho de outro Estado para socorrer a empresa, aquilo me chateou muito, era nosso aniversário de casamento, comecei a gritar com ele pelo telefone, dizendo que ninguém viaja assim  de uma hora para outra, sem bagagem, sem avisar a família, enfim, foi o maior estresse que não adiantou de nada. Ele disse que ligaria no dia seguinte na hora do almoço.

Fiquei me sentindo péssima, eu havia feito um jantar especial, estava usando um lingerie muito bonita, tinha ido ao cabeleireiro, depilado completamente a xana , feito massagem,  tudo para agradar meu maridinho! Acabei  juntando aquele jantar delicioso e coloquei para nosso cachorro Tobby, um vira latas de porte médio que estava conoosco há sete anos,  meu marido  trouxe para casa quando este ainda era um filhote.

Assisti um pouco de Tv, tirei a lingerie, fiquei completamente nua e fui deitar, passado umas 2 horas, o Tobby começou a grunhir, raramente o cachorro se comportava desse jeito, vesti um roupão correndo e acendi as luzes e fui ver o que passava, mas o Tobby estava simplesmente deitado na porta chorando para entrar, isso me comoveu porque eu estava me sentindo tão desamparada, que acho que meu amiguinho tinha percebido a minha frustração, coloquei ele pra dentro, apaguei as luzes e voltei pro quarto. O Tobby foi atrás e subiu na cama, eu pensei em brigar com ele porque meu marido não gosta de animais na cama, mas deixei o Tobby meio que de propósito!

Passado uns 10 minutinhos, eu sinto o fucinho úmido do Tobby cheirando minha bunda, não sei como, mas ele estava  debaixo do lençol, fiquei bem quietinha para não espantá-lo, tirei o lençol, virei de barriga para cima, dobrei as pernas e fiquei esperando a reação dele. O Tobby veio me farejando até parar na minha xana depilada, ali ele ficou roçando com o fucinho, eu bem lentamente abri a xana com as mãos, e meu amiguinho começou a lamber da xana até o cuzinho, eu simplesmente fui à loucura com aquilo, abri bem as pernas, me oferecendo mesmo, até que ele começou a mamar no meu grelo que estava rígido, o dobro de tamanho, eu nunca tinha sentido tanto prazer, gemia baixinho com o cuidado de não assustar o Tobby, e deixei  que ele mamasse  a vontade,  gozei muito na boca do cachorro.  Adormeci.

Acordei pela manha, e o Tobby estava deitado no chão, nos pés da cama. Eu tive uma noite ótima, não poderia ter tido melhor companhia! Levantei fui tomar um banho, e com o corpo meio úmido resolvi voltar para cama. O Tobby  pulou em cima da cama, e veio procurar a tetinha deliciosa da cadelinha dele, abri bem as pernas, e deixei que meu amiguinho mamasse meu grelo novamente com gosto, agora eu não me continha, arregaçava a xana e gruinha igual uma cadela, gozei três vezes na boca do Tobby que bebeu todo o leitinho, depois fiquei completamente largada esperando que o Tobby mamasse o quanto quisesse.

Hora do almoço, o maridão ligou, disse para não me preocupar que em 2 dias ou menos estaria de volta, mais uma decepção, só que agora minha  cabeça estava a mil, imaginando eu  e meu cachorrinho na cama. Assim que desliguei o telefone tratei logo de ligar a um pet shop e marcar um belo banho pro Tobby, com direito a higienização da boca e dos seus caninos, retornamos pra casa e no caminho eu decidi que só iria dar leitinho pro Tobby na cama, meu medo era de ficar numa situação complicada, se na frente de outras pessoas o Tobby quisesse mamar. Em casa, deixei meu amiguinho preso a coleira para que não se sujasse, e fui cuidar dos afazeres domésticos, ele ficou comportadinho, vezes ou outra eu ia até seu canto me certificar de que estava tudo bem, a tardezinha o Tobby começou a choramingar, ouvindo aquilo fui ficando  com a xana  molhada, desejando a boca do cachorro, então tirei toda a roupa, soltei o Tobby, fui direto pra cama, deitei e escancarei a xana, e em seguida o Tobby abocanhou meu grelo em mamadas frenéticas, eu gemia igual uma cadela, fazia movimentos de vai e vem na boca do cachorro que não soltava meu grelo, gozei insandecidamente de novo, e deixei que meu cachorro se fartasse do meu leitinho, dormimos assim até de madrugada, quando eu acordei com o Tobby chorando para ir para fora. Levantamos e  fiquei observando  meu cachorrinho comer a ração, e beber água, depois ele deitou aos meus pés e eu vi a ponta do seu cacete saindo pra fora … Abaixei e comecei a acariciar sua barriga, ele deu uma esticada, e mais um pouco do cacete saiu para fora, passei a mão nos seus  ovos, senti o cacete saindo um pouco mais, daí não me contive, comecei a bater uma pro Tobby, aquilo foi fantástico, o cachorro ficou imóvel e toda sua pica úmida em minhas mãos, eu comecei com movimentos suaves de vai e vem, depois fui intensificando, abaixei mais a mão e peguei bem no talo daquela pica canina, de repente comecei a sentir algo inchando nas minhas mãos, relaxei as mãos um pouco e era o nó do cacete do Tobby a ponto de explodir, continuei punhetando gostoso, até que o Tobby teve uns espasmos e gozou  na minha mão! Eu estava completamente tremula de tesão e surpresa, fui tomar um banho pra me livrar da porra do Tobby .

Dia seguinte acordei cedinho  com o telefone tocando, meu marido estava a caminho, deixei o Tobby na coleira, e tive que pensar numa maneira de esconder minha satisfação, tentei agir o mais natural possível, meu marido chegou, e fomos direto para a cama, fudemos muito, eu adorava quando ele me pegava de quatro feito uma cadela, de repente pensei na minha safadeza com o Tobby e gozei intensamente no pau do meu marido.

Ele me questionou porque o Tobby estava na coleira, eu disse que ele estava tentando entrar em casa, eu não queria, enfim foram dois dias que eu tive meu maridinho só pra mim,   em compensação  a noite o Tobby chorava querendo entrar e meu marido ralhava com ele.  Eu evitava a proximidade com o cachorro na frente do meu marido por medo do cachorro insinuar alguma coisa, passado o fim de semana, meu marido voltou à rotina, sair cedinho e só voltar a noitinha, levantei e soltei a coleira do Tobby que foi  correndo para a cama, e lá ficou gruindo desesperadamente, eu pensei em tomar um banho pra tirar a porra do meu marido que começava a escorrer pelas minhas pernas, mas o Tobby estava tão impaciente que voltei para cama assim mesmo, mal deitei e meu cachorro começou a lamber a porra que escorria da minha xana,  assim que abri as pernas, ele abocanhou meu grelo,  de tanta felicidade alternava a longa  lingua  no meu cuzinho e xana, depois se fixava no meu grelo e mamava  deliciosamente, eu ia a loucura.

comentários
  1. fernando disse:

    ola adoro esses papos ,me deixa muito exitado,quem quizer me add,ficarei muito grato

  2. claudio disse:

    delicia, adorei o conto

  3. dante disse:

    eco, vc é mesmo uma porca, fazer sexo com cachorro nojenta

    • Venus de Milo disse:

      Dante, é apenas uma história, capaz de mexer com a imaginação e a fantasia das pessoas. Se te causou tanta repulsa a ponto de julgar a autora da história como uma porca nojenta, é sinal que a história foi muito boa ^^. Abç

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s